Próximo
Anterior

Artes Visuais

Cru – Comida, Transformação e Arte

15.08 a 12.10
L

Saiba mais sobre a mostra

CRU – Comida, Transformação e Arte é um evento multidisciplinar que propõe um olhar para a comida através da arte: artistas e chefs renomados de diversos perfis e nacionalidades foram convidados para criar performances, obras e atividades que de alguma forma se relacionam com o tema ALIMENTAÇÃO.

Fotografia, pintura, escultura, instalação, performances e vídeos de artistas de diversas nacionalidades ocuparão as galerias do CCBB. Nos dias 29 de agosto e 3 e 12 de outubro, acontecem as performances criadas em conjunto por artistas e chefs de cozinha. Os eventos contarão com uma área de piquenique para os visitantes e um encontro de foodtrucks. Em paralelo, duas galerias são ocupadas por obras de arte que investigam a apropriação do alimento por artistas visuais, como Mark Dion, Airson Heráclito, Sophie Calle, Hector Zamora, Rochelle Costi, Sigalit Landau, Rikrit Tiravanija, entre outros nomes.

Curadoria: Marcello Dantas
Patrocínio: BB Seguridade

 

O PROJETO

 

A proximidade entre dois universos paralelos, o mundo da arte e o da comida,  é antiga. Mas essa relação tem se tornado mais intensa, com a crescente sofisticação da cena gastronômica e as transformações da arte contemporânea. Tal convergência, responsável pela eclosão de um campo amplo de ações criativas, será tema de CRU: comida, transformação e arte, evento multidisciplinar que acontece a partir de 15 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília, com o patrocínio  da BB Seguridade, e que se articulará em torno de três eixos: uma grande exposição, reunindo trabalhos de mais de 20 artistas nacionais e internacionais; quatro ações performáticas, conduzidas por artistas, músicos e chefs; e diversas intervenções gastronômicas, em restaurantes da cidade e parcerias com food trucks. Os trucks estarão à disposição dos visitantes nos finais de semana e encerramento, todos com performances (29/08, 03/10 e 12/10) e a ação nos restaurantes permanecerá ativa durante todo o período da exposição.

“Essa é uma questão que diz respeito a todos. A grande motivação da criação é alimentar o outro, seja por meio da energia para criar como artista, seja para existir como pessoa”, sintetiza o curador Marcello Dantas, que idealizou o evento ao constatar a presença crescente dos alimentos como elemento simbólico, metafórico ou plástico nas exposições mundo afora. Ou seja, uma comida que não alimenta apenas o corpo, mas também os olhos, a mente e o espírito. O título do evento é, segundo ele, uma forma de enfatizar o uso dos alimentos como matéria-prima (raw material” em inglês, ou, literalmente, “matéria crua”) da criação artística. Como costuma ocorrer nas curadorias concebidas por Dantas, a exposição se organiza em torno de trabalhos com forte apelo conceitual e visual, mapeados em diversas partes do mundo e que permitem conhecer mais de perto produções internacionais ainda não familiares ao público brasileiro. Lara Pinheiro e Rodrigo Villela são os curadores adjuntos da mostra.

O resultado é um panorama amplo e diverso, em que se sobrepõem e se complementam abordagens as mais diferentes – formais, líricas, sedutoras, irônicas ou políticas –, tendo sempre como ponto de partida a relação do homem com a comida. Há obras em diversos formatos (fotos, vídeos, esculturas, pinturas e instalações), assinadas por nomes expressivos no cenário internacional, como a brasileira Rivane Neuenschwander, a francesa Sophie Calle, a israelense Sigalit Landau, o chinês Zhang Huan e o alemão Thomas Rentmeister.

 

PROGRAMAÇÃO

 

AS PERFORMANCES

Estes diálogos entre variadas formas de expressão e criação também se fazem presentes nas quatro performances programadas para a exposição. 

>> 29 de agosto - Hector Zamora (México), o grupo brasileiro de percussão Barbatuques e a chef Ana Luiza Trajano realizarão uma grande produção coletiva e musical de sorvetes artesanais, de sabores de frutas típicas brasileiras, que poderão ser degustados pelo público ao final da ação.

>> 3 de outubro - Rirkrit Tiravanija (Argentina/Tailândia) propõe, com a ajuda de Pierre Hermé e Kreëmart, um provocativo happening. Ao longo do dia, um grupo de pessoas estará cozinhando dentro de uma grande caixa de vidro e quem se aproximar de uma das várias aberturas existentes na caixa receberá um alimento, sem saber de antemão do que se trata, num grande ritual de confiança.

>> 12 de outubro - Um grupo composto por Neka Menna Barreto, Jorge Menna Barreto e Fernando Limberger farão um “banquete pré-Brasil”, no qual serão utilizados no preparo apenas alimentos que eram comidos pelas populações que viviam no país antes de Cabral desembarcar por aqui, entre vegetais, frutas, sementes, ervas, castanhas etc.

Local: Pavilhão de Vidro e Área Externa

Horário: 10h às 20h

Entrada Franca

 

 

PALESTRAS – COMIDA PARA PENSAR

>> 03 de outubro às 15h – Rirkrit Tiravanija e Raphael Castoriano

>> 11 de outubro às 11h – Neka Menna Barreto

Local: Cinema

Entrada franca. Retirada de senha uma hora antes do início do evento.

 

 

EXPOSIÇÃO

>> 15 de agosto a 12 de outubro

Local: Galerias I e II e Pavilhão de Vidro

Horário: Quarta a segunda-feira das 9h às 21h

 

 

Artistas:

Ayrson Heráclito
Brasil (1975)

Mark Dion
EUA (1961)

Damián Ortega
xico (1967)

 Michel Blazy
França (1966)

Dana Sherwood
EUA (1977)

Philip Ross
EUA (
1966) 

Daniel Spoerri
Romênia (1930)

Pierre Fonseca
Brasil (1981) 

Fernanda Rappa
Brasil (1981)

Rivane Neuenschwander
Brasil (1967)

Gabriel Rodriguez Pellecer
Guatemala (1984)

Rochelle Costi
Brasil (1961)

Gabriel Sierra
Colômbia (1975)

Ryan Gander
Inglaterra (1976)

Greta Alfaro Yanguas
Espanha (1977)

Sigalit Landau
Jerusalém (1969)

João Maria Gusmão e Pedro Paiva
Portugal  (1979 e 1977)

Sonja Alhaüser
Alemanha (1969)

Hans Op de Beeck
Bélgica (1969)

Sophie Calle
França (1953)

Thomas Rentmeister
Alemanha (1964)

Zhang Huan
China  (1965)

Gostou do evento?

CCBB DFcomo chegar

Centro Cultural Banco do Brasil Brasília

SCES, Trecho 02, lote 22 CEP: 70200-002 | Brasília (DF) (61) 3108-7600

ccbbdf@bb.com.brFuncionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Transporte gratuito
Como chegar