Próximo
Anterior

Cinema

Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira

27.07 a 01.08
CP

Saiba mais sobre o filme

A primeira mostra de longas-metragens do diretor Ko Nakahira no Brasil exibe 8 títulos, todos em película, de um dos mais inovadores cineastas do cinema japonês do pós-guerra, precursor da Nouvelle Vague japonesa. Contemporâneo de Nagisa Oshima e assistente de Akira Kurosawa, Ko Nakahira se notabiliza por suas obras tanto de entretenimento quanto de vanguarda, sempre com andamento dinâmico, como acontece com “Paixão Juvenil”, sua produção de estreia, que recebeu elogios consideráveis do diretor francês François Truffaut.

Curadoria: Fundação Japão

Local: Cinema I

 

Capturar

 

Programação

QUARTA-FEIRA, 27 JULHO

19h Paixão Juvenil |1956 | 35mm | 86’ | 14 anos

Natsuhisa e seu irmão Haruji são como dois opostos. Natsuhisa gosta de flertar e tem ampla experiência com as mulheres. Haruji é um adolescente ingênuo e inexperiente. Quando Haruji conhece Eri, é amor à primeira vista. No entanto, ele não tem coragem de abordá-la.
Alguns dias depois, durante um passeio de barco, avistam uma menina nadando por perto. Trata-se de Eri. Haruji reúne a coragem necessária para falar com ela, mas descobre, mais tarde, que ela é casada.

 

 

QUINTA-FEIRA, 28 JULHO

15h Tempestade de verão | 1956 | 35mm | 86’ | 14 anos

Quando a professora Ryoko é apresentada ao noivo de sua irmã, Akimoto, ela imediatamente o reconhece como o homem que a deixou com uma impressão indelével dois anos atrás. Então, os dois passam a ter um caso amoroso debilitante. É quando o primo dela, Akira, entra em cena, suspeitando do relacionamento. Movido por simpatia e ciúmes, Akira busca consolar Ryoko, mas acaba se envolvendo com ela também. Enquanto isso, Akimoto descobre que Ryoko foi forçada a ter relações sexuais por sua colega. Atormentado por essa informação, Akimoto cancela o noivado e caminha em direção à tempestade de verão.

 

17h Tentação | 1957 | 35mm | 91’ | 14 anos

Shokichi, proprietário de uma loja e viúvo de meia-idade, nunca conseguiu esquecer seu primeiro amor. O segundo andar da loja é uma galeria de arte onde sua filha vanguardista, Hideko, o namorado dela, Souhei, e outros jovens se reúnem. Souhei torna-se um pintor de sucesso, e um dia Akiko, irmã dele, leva à galeria sua pintura intitulada A mulher. Shokichi surpreende-se ao descobrir que a “mulher” é, na verdade, seu primeiro amor, e Akiko é como a imagem dela escrita. Sobrepondo-a à mulher que amou, Shokichi se apaixona por Akiko.

 

19h Rompa aquele muro | 1959 | 35mm | 100’ | 14 anos

Saburo, honesto e trabalhador, é inesperadamente preso a caminho de um encontro com sua noiva, Toshie. Ele foi acusado de assassinar um homem e atacar uma mulher, que alega que Saburo é o culpado. Enraivecido e sem saída, Saburo é indiciado sem que nenhuma prova clara ateste sua culpa. Ele estava apenas no lugar errado, na hora errada. Quando o julgamento se inicia, o jovem e obstinado detetive Moriyama, que sente que há algo de errado, começa uma investigação própria com o auxílio de um advogado.

 

 

SEXTA-FEIRA, 29 JULHO

14h30 Diário de um caçador | 1964 | 35mm | 123’ | 14 anos

Ao deixar sua esposa em Osaka, Honda leva uma vida dupla em Tóquio – após viver o dia como um empresário de elite, ele flerta com mulheres durante a noite. Honda chega a ponto de alugar um apartamento secreto no qual guarda registros de suas caças às mulheres, o “Diário de um caçador”. Um dia ele se depara com um artigo em um jornal – o assassinato de uma jovem mulher que constava em seu diário. Alguns dias depois, outra mulher citada em seu diário é assassinada. Ele logo se encontra em um labirinto de medo enquanto mulheres listadas são assassinadas em série…

 

17h Plantas das dunas | 1964 | 35mm | 95’ | 14 anos             

O vendedor Ichiro recebe um convite sexual de uma desconhecida que conheceu em uma cobertura. Ela tem relações sexuais com ele para machucar sua irmã, Kyoko, que frequenta hotéis com homens em plena luz do dia. Intrigado, Ichiro vai atrás de Kyoko; imediatamente, ele é submerso num relacionamento não natural pelo desejo sexual masoquista de Kyoko. Porém, surgem suspeitas de que ela talvez seja filha de um caso do pai de Ichiro com uma gueixa, desencadeando em Ichiro um desejo de infligir mais dor em Kyoko, como forma de lidar com a raiva que sente do pai.

 

19h Apenas nas segundas | 1964 | 35mm | 94’ | 14 anos

Yuka vivia em uma cidade onde os limites entre respeitabilidade social e atividade ilegal eram esfumados. Era adepta da vida noturna: bebendo e dançando a noite toda, cuidando de clientes estrangeiros à procura de diversão. Sexo com estranhos não a incomodava; ser incapaz de satisfazer seu amante/chefe, sim. Para tanto, ela estava disposta a fazer praticamente qualquer coisa.

 

 

SÁBADO, 30 JULHO

15h Tempestade de verão | 1956 | 35mm | 86’ | 14 anos

Quando a professora Ryoko é apresentada ao noivo de sua irmã, Akimoto, ela imediatamente o reconhece como o homem que a deixou com uma impressão indelével dois anos atrás. Então, os dois passam a ter um caso amoroso debilitante. É quando o primo dela, Akira, entra em cena, suspeitando do relacionamento. Movido por simpatia e ciúmes, Akira busca consolar Ryoko, mas acaba se envolvendo com ela também. Enquanto isso, Akimoto descobre que Ryoko foi forçada a ter relações sexuais por sua colega. Atormentado por essa informação, Akimoto cancela o noivado e caminha em direção à tempestade de verão.

 

17h Paixão Juvenil |1956 | 35mm | 86’ | 14 anos

Natsuhisa e seu irmão Haruji são como dois opostos. Natsuhisa gosta de flertar e tem ampla experiência com as mulheres. Haruji é um adolescente ingênuo e inexperiente. Quando Haruji conhece Eri, é amor à primeira vista. No entanto, ele não tem coragem de abordá-la.
Alguns dias depois, durante um passeio de barco, avistam uma menina nadando por perto. Trata-se de Eri. Haruji reúne a coragem necessária para falar com ela, mas descobre, mais tarde, que ela é casada.

 

19h Jogador negro | 1965 | 35mm | 86’ | 14 anos

Façam suas apostas! Koji Himuro é um mulherengo com talento ímpar para a jogatina. Logo após seu regresso a Tóquio, ele é convidado a uma recepção na embaixada Souveniana. Mas essa “recepção” é, na verdade, uma operação clandestina de jogo administrada por um sindicato internacional. Enfrentando o ás do carteado Inumaru e sua amante Reiko, Koji mostra-se impecável ao jogar Sete Pontes. Ultrajado pela perda, Inumaru ordena que Reiko persiga Koji.

 

DOMINGO, 31 JULHO

15h Rompa aquele muro | 1959 | 35mm | 100’ | 14 anos

Saburo, honesto e trabalhador, é inesperadamente preso a caminho de um encontro com sua noiva, Toshie. Ele foi acusado de assassinar um homem e atacar uma mulher, que alega que Saburo é o culpado. Enraivecido e sem saída, Saburo é indiciado sem que nenhuma prova clara ateste sua culpa. Ele estava apenas no lugar errado, na hora errada. Quando o julgamento se inicia, o jovem e obstinado detetive Moriyama, que sente que há algo de errado, começa uma investigação própria com o auxílio de um advogado.

 

17h Tentação | 1957 | 35mm | 91’ | 14 anos

Shokichi, proprietário de uma loja e viúvo de meia-idade, nunca conseguiu esquecer seu primeiro amor. O segundo andar da loja é uma galeria de arte onde sua filha vanguardista, Hideko, o namorado dela, Souhei, e outros jovens se reúnem. Souhei torna-se um pintor de sucesso, e um dia Akiko, irmã dele, leva à galeria sua pintura intitulada A mulher. Shokichi surpreende-se ao descobrir que a “mulher” é, na verdade, seu primeiro amor, e Akiko é como a imagem dela escrita. Sobrepondo-a à mulher que amou, Shokichi se apaixona por Akiko.

 

19h Diário de um caçador | 1964 | 35mm | 123’ | 14 anos

Ao deixar sua esposa em Osaka, Honda leva uma vida dupla em Tóquio – após viver o dia como um empresário de elite, ele flerta com mulheres durante a noite. Honda chega a ponto de alugar um apartamento secreto no qual guarda registros de suas caças às mulheres, o “Diário de um caçador”. Um dia ele se depara com um artigo em um jornal – o assassinato de uma jovem mulher que constava em seu diário. Alguns dias depois, outra mulher citada em seu diário é assassinada. Ele logo se encontra em um labirinto de medo enquanto mulheres listadas são assassinadas em série…

 

SEGUNDA-FEIRA, 1 AGOSTO

15h Jogador negro | 1965 | 35mm | 86’ | 14 anos

Façam suas apostas! Koji Himuro é um mulherengo com talento ímpar para a jogatina. Logo após seu regresso a Tóquio, ele é convidado a uma recepção na embaixada Souveniana. Mas essa “recepção” é, na verdade, uma operação clandestina de jogo administrada por um sindicato internacional. Enfrentando o ás do carteado Inumaru e sua amante Reiko, Koji mostra-se impecável ao jogar Sete Pontes. Ultrajado pela perda, Inumaru ordena que Reiko persiga Koji.

 

17h Plantas das dunas | 1964 | 35mm | 95’ | 14 anos

O vendedor Ichiro recebe um convite sexual de uma desconhecida que conheceu em uma cobertura. Ela tem relações sexuais com ele para machucar sua irmã, Kyoko, que frequenta hotéis com homens em plena luz do dia. Intrigado, Ichiro vai atrás de Kyoko; imediatamente, ele é submerso num relacionamento não natural pelo desejo sexual masoquista de Kyoko. Porém, surgem suspeitas de que ela talvez seja filha de um caso do pai de Ichiro com uma gueixa, desencadeando em Ichiro um desejo de infligir mais dor em Kyoko, como forma de lidar com a raiva que sente do pai.

 

19h Apenas nas segundas | 1964 | 35mm | 94’ | 14 anos

Yuka vivia em uma cidade onde os limites entre respeitabilidade social e atividade ilegal eram esfumados. Era adepta da vida noturna: bebendo e dançando a noite toda, cuidando de clientes estrangeiros à procura de diversão. Sexo com estranhos não a incomodava; ser incapaz de satisfazer seu amante/chefe, sim. Para tanto, ela estava disposta a fazer praticamente qualquer coisa.

Gostou do evento?

CCBB RJcomo chegar

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Rua Primeiro de Março, 66 - Centro CEP: 20010-000 / Rio de Janeiro (RJ) (21) 3808-2020

ccbbrio@bb.com.brFuncionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21 horas

Como chegar