A cultura no Banco do Brasil

Os Centros Culturais Banco do Brasil (CCBBs) somam mais de 29 anos de história. Considerados como referências em centros culturais artísticos, os CCBBs do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília possuem espaços multidisciplinares que são relevantes não apenas no cenário brasileiro, mas no internacional, apresentando músicas, teatros, cinemas e exposições.

O que está acontecendo nos CCBBs

Artes visuais

Basquiat

Exposição retrospectiva do Basquiat (1960-1988), inédita no país, com mais de 80 quadros, desenhos e gravuras. Ele desenvolveu um estilo novo e expressivo, e tornou-se um dos destaques da retomada da pintura figurativa na década de 1980. A obra personifica o caráter de Nova Iorque nos anos 70 e 80, quando a mistura de empolgação e decadência criou um paraíso de criatividade. Entrada gratuita. Ingressos disponíveis em eventim.com.br

Saiba mais
Artes visuais

Construções sensíveis

A exposição traz ao Brasil um recorte da abstração em nosso continente. Junto ao importante legado do concretismo e neoconcretismo brasileiros, são apresentadas as poéticas abstratas que prosperaram em outros países a partir dos anos 1930. Pensada especialmente para o Brasil, presta uma sutil homenagem à mostra “Arte Agora III, América Latina: Geometria sensível”, destruída num trágico incêndio em 1978, quando ocupava o MAM Rio de Janeiro. Diversos artistas apresentados naquela histórica ocasião estão presentes, junto a artistas contemporâneos que apontam para os rumos da abstração atual.

Saiba mais

29 anos compartilhando cultura

  • Programa Educativo

    O Programa CCBB Educativo desenvolve ações que estimulam a experiência, a criação, a investigação e a reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Todas as atividades são gratuitas e para todos os públicos.

  • Projetos e eventos

    Mais de 4.500 projetos realizados, compartilhando cultura e proporcionando experiências valiosas para milhões de pessoas

  • 90 milhões de visitas

    Os CCBBs recebem diariamente 10 mil pessoas de todas as idades, nacionalidades, profissões, gêneros e cores, sempre com respeito à diversidade